Google Connect

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Bielle Tenterrara em: Meu Primeiro Blog Post e Meu Querido Diário













Bielle Tenterrara em:Meu Primeiro Blog Post
e Meu Querido Diário



Bielle Tenterrara

Bielle Tenterrara 

  • Bielle Tenterrara
    Bielle Tenterrara comentou 29 minutos atrás
    Oi Eduardo. Gostei muito viu?
    Papai disse que tinha a minha idade (hoje),
    e lembra dessa música e que gostava muito também.
    Ele disse que a Silvinha é tua esposa.
    Deve ser muito bom a gente ter alguém
    que tá sempre com a gente,
    até trabalhar (na praia rsrsrs) juntos... Amei.








    Vou abrir um blogue pras tuas músicas
    e outro pra Vanusa e/ou Maria Bethânia,
    por causa daquela música da carta
    "Quando o Carteiro chegou e o meu nome gritou..."

    Um beijo pros dois.
    Bielle Tenterrara



    Miniatura 1:34
    ASSISTIDO

    EDUARDO ARAUJO & SILVINHA [ O BOM ] 

     

     

  • Bielle Tenterrara comentou 39 minutos atrás
    Êita! Vamos fazer uma apresentação no colégio, e a professora escolheu a música Mensagem, aquela, da Carta: "Quando o carteiro chegou que o meu nome gritou com uma carta na mão. Ah! Que surpresa tão rude, nem sei como pude chegar ao portão..."; Mas a gente preferia essa aqui, pois ele é "realmente o Bom"...




    Miniatura 2:55
    ASSISTIDO

    Eduardo Araújo- O bom


Se aqui fosse o Meu Diário eu iria dizer: "Meu Querido Diário, hoje ouvi duas músicas que gostei muito. Uma foi a música Mensagem,
com letra e música de Cicero Nunes e Aldo Cabral, e foi gravada por bem uns 30 cantores e cantoras, de Vanusa a Maria Bethânia.


É a música com a qual vamos fazer nossa apresentação de balet na escola.

Quando estava curiando aqui na web, vi o nome de uma música "O Bom", e vi que era a mesma que também ouvimos no ensaio do Ballet.

Confesso, Querido Diário, que gostei muito mais da música "O Bom", de um cantor de nome Eduardo Araújo. Vi uns vídeos antigos, e um último, mais recente, onde o Eduardo não pode mais pentear ou não seus cabelos. Pois perguntei ao meu pai por que o Eduardo estava com um chapéu de cowboy do tamanho do céu, e Papai me disse que é por que ele, o Eduardo, ficou careca. 

Aí perguntei por que o Papai parece mais velho que o Eduardo, e ele falou que é por causa da barba, pois o Eduardo Araújo usa apenas bigode. E o papai parece um Papai Noel. Pedi pra ele fazer a barba e ficar só com o bigode, mas não sei se ele vai cortar, pois eu nunca o vi sem barba. Algumas vezes ele deixa baixinha, mas ela cresce logo e depressa.

Quem sabe ele faça. Que Deus sabe que o que eu peço pro papai, sempre termina acontecendo. Pode até demorar, mas acontece.

A música "Mensagem", papai diz que era criança e só sabia que a cantora era de nome "Martinha", mas na minha pesquisa só apareceu a Vanusa e a Maria Bethânia. 

Na gravação de Maria Bethânia ela mistura no meio da música um poema muito interessante. Meu pai olhou e disse que era um poema de um poeta portugues muito famoso, de nome Fernando Pessoa.

Mas esse Fernando Pessoa deve ser muito interessante, pois fala de cartas de amor, dizendo que todas as cartas de amor são ridículas, inclusive as que ele escreveu.

Achei muito interessante, misturar a música de uma carta de amor com um poema sobre carta de amor. Não sei por que o Fernando Pessoa diz que todas são ridículas. Depois vou ler os poemas do Fernando Pessoa, para ver se eu entendo o porquê de ele considerar que todas as "cartas de amor são ridículas".

E eu nem sabia dessa "Jovem Guarda", mas pelo jeito estou gostando muito.

Um beijo, Meu  Querido Diário.


Bielle Tenterrara












Gostam mais destes Posts. Não sei o Porquê!